ETA, que teta!: Novembro 2010 ETA, que teta!: Novembro 2010

26 de novembro de 2010

O começo do fim - Harry Potter e as Relíquias da Morte

Uma geração cresceu procurando saber a história de um bruxo, uma geração que agora está prestes a ver o final dessa história toda.



Sabe quando achamos que um dia que esperamos tanto nunca vai chegar? Não, não estou falando do fato da guerrilheira Dilma Rousseff (também conhecida como Dolores Umbridge. Ou o Diabo himself) ter ganho as eleições, nem da onda de ataques no Rio de Janeiro (mais conhecida, também, como as gravações de Tropa de Elite 3. Mas não conta pro pessoal, eles só vão ficar sabendo disso na semana que vem. Ou quem sabe na próxima. Ou... estou com fome, vou procurar algo na geladeira, já volto), mas sim de algo maior: o começo do fim de uma geração.

Bebê curtindo a estréia de HP7A série de filmes da saga Harry Potter, criada pela escritora britânica JK Rowling, depois de suados dez anos, finalmente chegou ao fim. Pessoas cresceram com essa série. Alguns retardados levaram a coisa até um pouco a sério demais (quero dizer, você achou mesmo que ia receber sua carta de Hogwarts com 11 anos? e até hoje eu acho que quando eu tiver os meus filhos, eu vou fazer eles lerem a série. Eu já pensei até em fazer um corte em forma de raio na cabeça de um deles quando ele nascer pra ele ter uma cicatriz depois. Mentira). A própria JK passou uma década inteira da vida dela nesse mundinho paralelo (não que eu não seja agradecido por ele. Pra mim, foi a melhor coisa que alguém poderia ter feito com 10 anos. Fora a ditadura Vargas, obviously). Mereciamos alguma coisa bem feita, não é? Portanto, pra fecharem com chave de ouro, não cagarem em cima dos outros filmes e satisfazer os fãs que ficaram putos com alguns cortes feitos a navalha na história, o último livro, Harry Potter e as Reliquias da Morte, foi dividido em duas sequências. A primeira acabou de ser lançada no cinema na última sexta feira, e a segunda (caso não tenha pegado fogo acidentalmente, ou ter sido roubada por membros do serviço secreto, ou abduzida por alienigenas que não querem que a gente veja o final da saga, ou trocada com a segunda parte do filme Amanhecer, ou pisoteada por mamutes famintos. Ou o que quer que seja) vai ser lançada em julho do ano que vem.

Eu, particularmente, sou muito fã da série. E então eu me sinto no direito de deixar o meu parecer do filme. Shall we? Mas antes de tudo, como um fã de Harry Potter, eu vou explicar os... rituais. Se é que eu posso chamá-los assim:

Cena do filme 'SIM, SENHOR' do Jim Carrey1 - ler todos os livros antes da estréia do filme novo (eu venho tentando fazer isso desde o meio do ano, mas o máximo que eu consegui foi ter lido somente o sétimo livro, e ter chegado na metade dele).
2 - ver todos os filmes antes da estréia do filme novo (eu e uns amigos nos reunimos na casa uns dos outros pra tentar ver as quinze horas dos filmes anteriores, mas acabamos vendo somente os três primeiros filmes).
3 - comprar o ingresso pra pré-estréia do filme novo (acabamos indo na estréia mesmo. Foda-se).
4 - ir caracterizado para assistir o filme novo (esse ano eu fui vestido de Dumbledore. Mentira).

Apesar de não ter feito tudo o que eu queria ter feito (e, pensando bem, eu tenho mais uma estréia pra fazer isso), eu e uns amigos estávamos lá, na porta do cinema no dia 19, sexta-feira. E eu preciso dizer, foi o filme que eu mais gostei da série, até agora. Quero dizer, I mean it. Eles não cortaram quase nada, não adicionaram nada inútil ao filme, a fotografia era linda, a trilha sonora era muito foda... Não tinha o que tirar, e nem o que colocar. Claro que sempre tem aquele fã chato que se incomoda se a xicara de chá que o Harry toma no filme é azul, sendo que ela é amarela no livro. Like, screw you.
Antes de mais nada, vou avisando que daqui pra frente vão ter uns spoilers do filme, por menores que eles sejam. Não vou contar nada sobre ele, mas as sete cenas que eu mais gostei. Então, se vocês se incomodam com esse tipo de coisa, pulem pro final do post, e comentem de qualquer forma, pronto.

1 - Hermione apaga a memória dos pais dela: essa cena não tem no livro, sendo que a Hermione só citou ela, e eu achei muito legal da parte do roteirista ter colocado ela no filme. Foi meio triste ver o sacrificio que ela teve que fazer, pra falar a verdade. E ver ela sendo apagada dos retratos que tinham na casa.
2 - Dobby morre: particularmente, eu achei a morte dele mil vezes pior no filme do que no livro. Coitado. Mas tenho certeza que ele está num lugar melhor agora.
3 - Rony vai embora: pra falar a verdade, eu só fiquei com dó da Hermione nessa cena, porque eu fico muito puto com esse moleque imbecil no meio da história, ele fica chato pra caramba, e só implica com tudo. No filme só mostra ele com ciúmes do Harry e da Hermione. E com razão, cornão. Just kidding! rs
4 - Harry e Hermione dançam: mais conhecida como a cena fofa barra cheia de tensão sexual. Outra parte que não tem no livro, e que eu achei brilhante no filme. Pra quem tiver interessado, eles fazem a dança do acasalamento dançam a música "O Children" do Nick Cave and the Bad Seeds.
5 - Hermione sendo torturada: foi. a. cena. mais. horrivel. da. face. da. Terra. A cara que eu fiquei durante essa parte foi indescritível, não dava pra ouvir ela gritando e não ter vontade de chorar. A Emma atuou muito.
6 -
O conto dos três irmãos: a
animação que eles fizeram pra contar a história das Reliquias da Morte foi muito bem pensada, e foi a única hora do filme que eu me lembro, em que a sala de cinema toda calou a boca pra assistir o filme.
7 - Voldermort roubando a Varinha das Varinhas: foi o final perfeito pro filme, me arrepiou pra caramba. Só me deixou com mais vontade de ficar na sala de cinema por seis meses esperando pela segunda parte do filme, those bitches.

Darth Vader também curte um bruxão!Se por um lado a divisão de Reliquias da Morte ter sido uma boa coisa, por outro lado foi uma bostinha hein? É a mesma coisa que você ir assistir a um filme no cinema, estar louco pra ver ele todo, e na metade eles param de rodar o filme e mandam você assistir o final dali meio ano. Puta falta de sacanagem, pra dizer o mínimo. Mas acho que é uma espera que vale a pena: tenho certeza que a parte dois vai ser tão boa, ou até melhor, que a parte um - cujas partes que me decepcionaram um pouco foi o fato do Rabicho não ter morrido, e de o Snape não ter aparecido quase nada. Ele devia estar com a galera, não vamos culpá-lo!

E você, o que achou do filme? Gostou? Achou a melhor coisa que já aconteceu nessa sua vidinha de nerd que só vai pra escola, e se acha cool porque sai pra beber com a galera? Achou uma bosta e sentiu vontade de atirar em todo mundo no cinema? Preferia ter visto o filme do Pelé? Deixe a sua opinião, queremos ouvi-la. Ou lê-la, melhor dizendo. Whatsoever.

17 de novembro de 2010

O comércio durante o show dos Jonas Brothers

Somos case de sucesso na comunidade dos ambulantes, conheça a história que nos fez um pouco mais ricos!



Na última semana a cidade de São Paulo recebeu diversos eventos internacionais importantes, o show do Eminem, do Black Eyed Peas, o Grande Prêmio de Fórmula 1, o Salão do Automóvel e nós, do EQT, cobrimos o mais infantil "simples": o show dos Jonas Brothers no estádio da Portuguesa de Desportos, o Canindé. Para quem não mora aqui, esse estádio fica localizado à margem do rio Tietê no bairro do Pari, conhecido pela alta taxa estrangeiros provenientes de outros países latinos (bolivianos especificamente). E como sempre há a pergunta: o que faria vocês no show deles? E como sempre há a resposta: somos sagazes rapazes (like Pai Rico, Pai Pobre) e buscamos sempre o sucesso financeiro, portanto, há um mês do show encomendamos 1000 fitinhas estilo senhor do bonfim impresso o nome dos caras e da banda com separação de coração para vender, algo bem homossexual original, não?

Nosso público alvo

A princípio estávamos com receio de começar a vender devido ao grande número de outros ambulantes que também estariam no "evento". Que diabos eles poderiam fazer conosco tendo em vista que é mais concorrência? E especialmente que são concorrentes que não precisam correr do rapa quando a polícia aperta porque eles se confundem na multidão! Para nossa felicidade, a receptividade dos outros "trabalhadores eventuais" foi bastante calorosa, como numa parceria, estou bolando até montar um movimento chamado Família Camelô. Em contrapartida, o medo dos ambulantes se transformou no medo dos tiras: creio que tinha mais policial que espectadores no show e como jovens criados a leite-pêra, manter um comércio ilegal era como assaltar um banco ou roubar dinheiro de velhinhas pra nós!

Nossa técnica de venda foi bem simples, mas cansativa (nada de ficar pagando mico gritando feito animal). Basicamente abordávamos cada pessoa perguntando "Você quer fitinha?" e algumas respostas me deixaram realmente irritado como "É de graça?", porra, está no dicionário expresso "Querer: sentir vontade de; ter a intenção de", portanto não é necessariamente quando perguntam se quer eu estaria logo oferecendo gratuitamente! E na maioria das vezes quem perguntava isso eram as mães cinquentonas que acompanhavam suas crias na fila para não sofrerem nenhum abuso. Um pouco mais conscientes, mas não menos idiotas eram as que falavam "Não quero comprar, mas se você quiser me dar pode". E não, não estava com a mínima vontade de dar pra elas.

Bom, tirando essas pessoas, o som ruim do show que ouvimos lá de fora e o medo dos policiais o dia foi muito bom! Como sobraram muitas fitinhas eu coloquei-as no mercado livre, portanto quem não foi ao show e quiser comprar clique aqui. E esperem-nos! No show do Calypso Justin Bieber estaremos nós de novo roubando dinheiro das criancinhas! Fiquem de olho no nosso novo canal no YouTube que em breve terá um vídeo sobre esse dia! Gostaria de agradecer nossa amiga @buddylolly que foi nossa sócia nessa empreitada.

2 de novembro de 2010

Enfim voltamos!

Estamos de volta! Sim, desde nosso último post aconteceram tantas coisas, uns chilenos entraram num buraco, o primeiro turno ocorreu, o polvo Paul morreu, Néstor Nirchner morreu, Romeu Tuma morreu, um palhaço teve um milhão de votos, os chilenos do buraco foram socorridos e o Brasil ganhou um novo capitão chamado Dilma Rousseff (um capitão que está mais pra Brutus do que Popeye). Acompanhamos essas mudanças no cenário mundial, decidimos voltar e trocar o uniforme do blog, quem já conhecia percebeu que está muito mais limpo e fácil de mexer, mas mesmo assim decidimos criar um MANUAL DE FUNÇÕES DO EQT PARA LEIGOS.

Ícones das Redes Sociais - Sim, muitos
de vocês chegam à nossa página a partir das nossas "social networks", mas muitos não conhecem todas, portanto faço a questão de vocês seguirem, curtirem, assinarem, inscreverem e outros verbos tanto usados! Outra coisa é que colocamos o twe
et button do Twitter logo abaixo de cada post, para que você clique logo após depois de ler o texto e assim nos ajudar na divulgação (comece desde já clicando ok?).

Presidência - Logo abaixo dos ícones das redes sociais, está bem expresso quem manda nisso tudo (e quem quiser chingar já sabe pra quem se referir).

Newsletter - Como vocês nos aguentam aqui, nas redes sociais, muitos pessoalmente, agora disponibilizamos mais um canal de entretenimento: o seu e-mail. Preencha e envie seu e-mail para nós para podermos bater sua caixa de entrada e assim, receber nossas "novidades" em primeira mão!

Arquivo do Blog - Durante os dois anos do nosso blog, escrevemos muita coisa (na maioria das vezes foi besteira) e está tudo arquivado pra vocês poderem ler. Mas não nos incrimine por coisas que falamos há dois anos, por favor!

Últimos Posts - Nós também pensamos no quanto é chato entrar num blog e ficar procurando algum assunto legal, portanto esse quadro mostra os textos mais acessados no último mês. Mas aviso desde já: se estiver procurando algo em graçado mesmo, clique no "x" no canto superior direito da tela!

Seguidores - Nossa plataforma de blog é (por enquanto) o Blogger e utilizamos o serviço de seguidores deles. E você me pergunta: mas que porra é esse negócio de seguidores? E eu lhe respondo: é um botão que você clica e nunca usa, porque ninguém entra na página inicial do blogger para ler últimos textos escritos. Conclusão: só cliquem!

Versão iPod - Pra você, preguiçoso, que só gosta de ler sobre determinados assuntos, aqui você poderá ler sobre o que você bem entender sem ter nada a parte te enchendo o saco.

Procure no EQT - Pra você que se acha importante demais pra ficar lendo post por post até achar o que te interessa, digite o que você está procurando na barra de pesquisa, e pronto! Mais mastigado impossível.

Twitters - Gostou do que escrevemos? Quer nos conhecer fora desse ambiente aspirante-humorístico? Siga-nos também no Twitter!

Sobre nós - Quer saber sobre o nosso lazer, e sobre nossos trabalhos a parte? Vá ao rodapé da página e acesse os nossos links de redes sociais!

Outros blogs - Como não somos os únicos termos blogs de humor, estamos dando dicas de outras páginas que seguimos, lemos seus posts, e que vocês talvez possam gostar!


Agora que vocês já entenderam como o novo EQT irá funcionar, vocês já estão preparados para o que vem por ai! Vamos fazer funcionar dessa vez, custe o que custar. O próximo post não vai demorar muito pra chegar - a não ser que algo de bem fatal aconteça com qualquer um de nós dois. O que é bem improvável. Ou nem tanto assim.Agora que estamos de volta, precisamos tê-los de volta também! Estejam sempre acessando, lendo, comentando, divulgando, PORQUE AGORA O BICHO VAI PEGAR! Imaginem a música tema do Tropa de Elite agora. E ficamos por aqui, boa noite, e um bom inicio de novembro pra todo mundo!

Pós-post: Pessoal, estou participando do Festival do Minuto na categoria Minuto Escola e conto com a ajuda de vocês para assistirem, divulgarem, me darem estrelinhas, dançarem para mim... Conheçam meu projeto clicando aqui! Obrigado, Giba.