ETA, que teta!: Novembro 2009 ETA, que teta!: Novembro 2009

28 de novembro de 2009

Viagem a Curitiba - Parte 2

No último capítulo de Paixões da Teta...
Giovanni tinha ido a Curitiba presenciar o show da mais renomada banda de rock de alagoinhas Goiânia.

[Início do segundo acto]

Pois sim, artistas plásticos que vendem suas 'obras' na praça da república, eu estava lá, aquele momento especial, o show do Pedra Letícia para a gravação do seu primeiro DVD, momento histórico, não?!



É muito legal agora ver essas imagens e chorar me ver pequenininho no meio daquela multidão efusiva, rs. Continuando a historinha bonita, no meio do show, enquanto eu curtia adoidado, pulando o mais alto que podia (1,60 #fail), surge um ser empurrando todo mundo lá de trás e parando do meu lado, era uma menina que, louca, dizia: "ah, eu quero ficar na grade, rs", eu pensei que o pessoal a conhecia, mas ela era uma completamente estranha. Ela começava a falar a não parava mais: "Já passou da meia noite? Amanhã é meu aniversário", "Eu to sozinha aqui", "Nossa, que legal sua camiseta do fã clube, tira uma foto?", acho que ela tirou umas 200 fotos só nossas, e eu querendo ver o show em paz, rs. Dei graças a deus quando o show terminou, não pelo fato de não estar curtindo, mas sim pela menina que não desgrudava. Enquanto esperávamos o público ir embora, aproveitamos para sentar e esperar deixar a gente entrar no camarim (como assim esperar? Somos vips! ASUHASU não mesmo). Quando conseguimos entrar, nunca vi tanta felicidade no rosto de rapazes pra lá de trinta anos, rs. Sério, a banda estava muito feliz, lógico, se estivesse triste num momento desses bateria neles, rs. Tiramos umas fotos e tentamos bater um papo, já que o Gus estava apressando a gente porque tinha mais gente pra tietar ¬¬ rs. Saimos muito alegres, enfim, nossa missão em Curitiba estava cumprida, representar a galera de São Paulo lá no Paraná (e a vã do catito também --' /piada interna). Agora era só curtir, animação e aquela menina! Meus olhos arregalaram quando eu vi aquela mesma garota que pedia pra tirar fotos comigo se juntando no grupo e conversando com o Rui, ela ia ficar conosco até as cinco da manhã pra pegar um ônibus, faltava uma hora, então tudo bem...

Foi assim a nossa cara quando vimos diante da menina nos 'seguindo' durante a caminhada até o nosso hotel, estávamos absolutos e morrendo de fome e pra nossa surpresa... CURITIBA NÃO TEM LUGAR PRA COMER A NOITE, pelo menos o bairro que ficamos lá (o Portão), não tinha nenhum estabelecimento comercial e alimentício aberto, e nem um movimento na rua, em plena sexta-feira. Achamos isso muito estranho, como caipiras da cidade grande que não pode sair da rua sem cruzar com um ladrão motoboy fazendo sua entrega. O jeito foi nos alimentar com os lanchinhos que a mãe do Ju fez pra viagem, até que aquilo deu pra alguma coisa, rs.
Na caminhada para o hotel, logo que passamos o posto de gasolina, um grupo de aproximadamente quarenta três rapazes se aproximou da gente, eles não tinham perfil de assaltante/estuprador/traficante/vendedor de balinhas no farol, mas não sabemos como são os assaltantes do sul, vai ver são gentlemans que anuncia o roubo com singelas palavras bonitas: "boa noite, senhores, isso é um furto, favor presentiar-me com seus pertences, mulheres e crianças primeiro, obrigado, foi uma honra esse assalto, tenha um bom dia". Já a teoria da Marina foi outra: "eles são gays", isso me assustou mais que a primeira hipótese, rs. E eles chegaram, acho que notaram nossa tensidão pois logo que chegaram disseram: "calma, rs. A gente quer saber como faz pra participar do fã clube e tal", isso me aliviou e muito. Explicamos como fazer pra entrar no fã clube, embora não tenha um jeito de fazer parte. O Julian depois deles irem embora falou: "nossa, pensei que eles fossem nos estuprar, tinha um lá que ficou seduzindo com o canudinho", eu ri litros.
Enfim, chegamos no hotel, a Marina foi dormir no quarto dela enquanto nós, homens, fomos pro nosso, com a menina ganso, haha. Sei não, mas se fosse eu no lugar teria um pouco de medo de acordar no outro dia assim...


Se bem que eu estava com medo de acordar assim no outro dia também, rs. Ou com nossas bagagens saqueadas. O bom que nossas amigas do fã clube chegaram e ficaram no nosso quarto (nos protegendo? rs). Desse momento em diante não lembro mais de nada, capotei legal rs. No outro dia levantei e vi todos estirados na cama, no chão, detalhe: tinha só quatro camas e sete pessoas, rs. Quando meus olhos desembaçaram quem eu vi? A ganso, ela dormiu lá! E nesse momento dei uma crise de riso que levei a tona que não sabia o nome dela, consultei a todos, e eles também não sabiam! #tenso. Estávamos quebrados mas nossa última etapa da viagem ainda faltava ser concluído: visitar o cartão postal de Curitiba, o Jardim Botânico. Era do outro lado da cidade, tomamos café no hotel e partimos pra lá (dica, a menina também tomou café lá!). Pegamos o metrônibus maroto e chegamos lá, foi impressionante a vista daquele palacete de cristal (risos), ok, confesso que achei que era maior na TV! Tiramos umas fotos bonitas pra mostrar que estávamos lá e fim, fomos embora, andamos mais de dois quilômetros num sol de rachar a cuca e partimos. E só assim a menina foi embora concluímos nossa viagem ao Panará, rs. E pra provar...


... é, eu estive lá, sozinho! Quero agradecer a todos que estiveram lá e fizeram dessa uma viagem que vou contar pros meus colegas de cela filhos and stufs.

PS1.: A imagem do 'roubaram meu rim', é a capa da mundo estranho de 2007
PS2.: A imagem da tribo indígena não é da revista raça, já disse, rs.
PS3.: Ainda tinha muita coisa pra comentar, mas não dá pra fazer uma trilogia 'ETA, que Curitiba', né? rs
PS4.: Comentem! Esse é o nosso 'contador de visitas'!
PS5.: Aceitamos críticas construtivas que se apresente nos comentários mostrando a cara, dando a tapa a bater. Não como 'anônimos' que vem por meio de postagens anônimas querer botar banca, aqui não, tr00.

24 de novembro de 2009

Durante o Blackout

O que você faria se as luzes da sua casa se apagassem do nada? Choraria? Gritaria pelos seus pais? Chamaria o Batman ou algo do tipo? Se enfiaria debaixo da cama? Brincaria de gato mia com seus coleguinhas fantasminhas? Chamaria umas putas de santana e convidaria elas pra tomar chá no seu quarto? rs é, são milhões as possibilidades, não é mesmo? Bom, eu sai correndo feito uma criança de cinco anos até o andar de baixo e consegui alguns hematomas na perna (por causa do trombão que eu dei na minha cama, e do tombo que eu levei na escada) rs.
Mas (passado o pânico, obviously), falando sério, o que você faria se descobrisse que a luz da sua rua toda acabou? Ou melhor, que não só a luz do seu bairro todo acabou, nem de toda a cidade de são paulo, muito menos só do estado de são paulo - mas que houve um blackout em parte do Brasil (e no Paraguai) e stuff? É, depois de acharmos que o fim do mundo estava próximo e blablabla, com um apagão desses até Deus acha que o mundo tá acabando. Um último pedido? Bom, muitos de nós ficariamos felizes só em gravarmos um video sobre nossos últimos momentos como humanóides aqui nesse planetinha esquisito chamado Terra rs. Bom, eu e o Giba, cada um em sua respectiva maloca moradia, fizemos isso; nem sabiamos sobre o que iriamos falar, mas coincidentemente (ou não), acabamos falando sobre a MESMA coisa - o fim do mundo em 2012 e os maias. Coincidência? I don't think so. AT ALL. Vejam na integra o video:


Bom, se o mundo acabar mesmo em 2012 e se os maias tiverem mesmo razão e tudo o mais, só saberemos no dia 21 de dezembro de 2012 :) Ou então um pouco antes, caso os aliens resolvam tomar conta da Terra e dizimar a população humana antes disso rs, not.

PS: Gravamos um video especial sobre a Consciência Negra e suas origens - e outras fábulas rs, not. Postaremos em breve :) NEXT TETAMOVIE!
PS2: O post de Curitiba vai ter continuação, fiquem ligados (galerinha da pesada, na sessão da tarde! rs, not)

12 de novembro de 2009

Viagem a Curitiba - Parte 1

Acho que vocês já devem estar cansados de saber que eu sou do fã clube do Pedra Letícia e tal, ou não, já que alguns falam: "MÁRCIA, QUEM É ELE? QUE BLOG SER ESSE?". Whatever, agora já sabem (aliás, quem acompanha o blog eu já postei uma vez sobre minha aventura de fã, quando fui no faustão). E hoje, meus coleguinhas viciados em tibia, vou falar de Curitiba, cidade bonita, planejada, com bonitas polacas e sulistas viados... A aventurinha dessa vez foi pra acompanhar eles que iam gravar o seu primeiro DVD, e nós fomos representando todo o fã clube de São Paulo, marôe. E quem disse que somos burgueses filhinhos de papai que pega o aviãozinho e em meia horinha está lá, o negócio é meio diferente, rs...


O negócio aqui é busão, meu filho! Sete horas de estrada com o Rui, a Marina e o Ju. Foi bem agradável, o ônibus não estava tão cheio, tinha banheiro (com a porta emperrada, mas era banheiro), tinha ar condicionado, pra nós estava maravilhoso (nós miguelamos 10 reais na hora de comprar a passagem e pegamos o ônibus mais simples). Pra quem esperava um ônibus sem banheiro e ar, aquilo estava demais. Ao longo do caminho vastas plantações de banana, eu pensei comigo: a república das bananas é aqui, comofas? E como fãs de verdade fomos ouvindo Pedra a viagem inteira, ok, não foi a viagem porque calculando, o CD tem quase 40 minutos, se fossemos ouvindo a viagem inteira, daria pra escutar umas 10 vezes e meia ele e chegaríamos no show não aguentando mais HASUHASU Btw, depois de ver um senhorzinho fedido ir no banheiro do ônibus umas 64588 vezes, chegamos na Curitibalópoli e como bons forasteiros turistas, sacamos nossas tek pics 3 em 1 cameras e começamos a tirar foto de tudo, dos táxis laranjas ou cor parecida dos ônibus engraçados, das loiras, er :x


Na nossa cabeça infantil se passava assim: "Bah, Curitiba é cidade grande, cidade planejada, sem violência, só loiras educadas e pá", mas quebramos a cara quando encontramos nossas amigas do Paraná que estavam lá na rodoviária, a Kah, a e a Tha, e o namorado dela que eu não sei o nome. Não, elas não assaltaram a gente, como vocês devem estar pensando, mas assaltaram a Kah, deu muita dó, que levaram toda a grana dela e os ingressos do show :/ ela foi na polícia fazer B.O. enquanto a gente foi procurar nosso hotel, que tínhamos visto no mapa, sim, é longe. Pegamos um ônibus que eu apelidei de 'metrônibus' que tipo, ele não tem cobrador, e para sempre em estações, whatever, coisa de turista. Uma velhinha safada e vadia simpática e gentil falou que era pra nós descermos num ponto lá e quando vimos era tipo, muito longe do hotel, e nós fomos andando feito condenados num calor insuportável do sul (eu não esperava isso, sério. Imaginei um tufão ou coisa do tipo, haha). Depois de andar trocentos quilômetros, encontramos nosso hotel, e eu juro que pensei que ia encontrar um hotel assim...


Mas não, encontrei um aconchegante hotel de três andares, com geladeira, ar condicionado nos quartos, pc no hotel, café da manhã e tudo, ai é vida, rs. E tudo isso pagando 30 reais! Isso mesmo, dividimos um quarto triplo de 90 e ficou muito barato. O maior é que tipo, o tiozinho deu acho que a chave errada e ficamos num quarto quádruplo, rs. Como a fome era grande e a preguiça de achar um restaurante também, comemos logo os sanduiches que a mãe do Ju tinha feito, pelo menos deu pra encher a barriga e partir pro rolê, nós fomos lá no Master hall, aonde iria ser o show de mais tarde, tentar comprar o ingresso da Kah, porque ela tinha conseguido o ingresso pras amigas, mas ela tinha ficado sem ): encontramos a casa de show, que ficava no meio de umas ruas tensas (que se fosse em São Paulo, já estaríamos até sem as cuecas) e lá na frente reconhecemos o Juninho, que é o produtor do Pedra, super prestativo, atencioso e pans. Nós contamos a história da ká pra ele, que foi muito "márcia, meu marido me bate, socorro", e como num pulo surgiu na mão dele um ingresso que era pra ela, foi um milagre, juninho angel ever rs. E enquanto eles conversavam dava pra ouvir a banda passando o som lá dentro com a música nova, foi um momento mágico, sei lá, rs. Voltamos correndo pro hotel dar o presente do anjo e ficar limpinhos pra noite (:
E quem disse que nós pobres mortais tinhamos o ingresso na mão? Nossas entradas estavam com a Poli, er, que fez a gente ficar um pouco estressados, rs. Simplesmente fomos as primeiras pessoas da fila (na verdade, tinhas uns posers lá na frente, mas ok), com o tempo a fila foi aumentando e ela não chegava com nossos convites, o sangue foi subindo, ela não atendia o telefone, os portões abriram e ficamos em último, eba. Quando depois de quase três horas esperando ela chega e entramos correndo e er, não estava tão lotado o Master Hall, que er, não era tão bem cuidado assim, o chão de cimento batido, as luminárias quebradas e pans, tenso pensar que bandas internacionais como o McFly, o The Doors e o Bad Religion já tocaram lá. Conseguimos ficar na frente e esperar mais um pouco que o show já ia começar.
A abertura do show foi feita pelo Rogerio Morgado que estava vestido a la Presuntinho (olhe como ele estava vestido clicando aqui. Brinks, é aqui). O show começou e eu não preciso dizer que eles foram um luuuuusho, rs. Sério, o show foi maravilhoso, toda a galera animada, só que umas certas pessoas posers irritam. Eu espero que a gordinha que estava na grade esteja lendo isso! Então, tinha uma anã desfarçada de jovem que achava que estava abalabs na balads e quando alguém esbarrava nela ela dava chilique. Acho que ela nunca foi num show e não sabe que é disputado um metro cúbico lá (sim, a essa hora, estava lotadão a casa). O melhor era quando eles tavam tocando as músicas novas, eu cantava bem alto no ouvido dela, vai ver aprende e deixa de ser poser. Ah, esses posers...


Eu ia fazer esse post em um só, mas não dá, ia ficar grande demais, então...

TO BE CONTINUED ;D

PS1: Pronto, EQT com imagens fica menos chato.
PS2: Tentei colocar paragrafo, mas não dá, er.
PS3: Acessem o blog da Ju, Vinil Capuleto. E comentem!
PS4: Se você leu e gostou, comenta ai embaixo, por favor. Não temos contador, nosso contador é os comentários, valeu *-*

8 de novembro de 2009

Igrejas Lockes

e do Guilherme.

Vocês, caros adolescentezinhos com idéias de beber ice escondidos dos pais e que moram em grandes metrópoles, devem estar meio cansados das igrejas evangélicas que de um tempo pra cá tomaram conta da nossa sociedade. Não, não estamos falando mal das igrejas de Martin Luther King Lutero, mas só que acho que elas tinham que respeitar um pouco a lei do psiu (pelo menos aqui em São Paulo, barulho só até as 22hs), já que ninguém merece ver a novela das oito com gritos de 'ALELUIA AMARAHANKMKN ACUNAMATATAAAAAA' dos vizinhos. Pra quem não está entendendo o que eu estou falando porque deve morar em bairro de rico aqui está um exemplo claro disso, nós estamos ficando muito viciados nesse vídeo, que nos lançou até uma gíria...

...MARIOLA DA PETECA!

Esse é também conhecido como o 'Pastor da casa própria', já imagino o Silvio falando: RODANDO! E ele começando a girar, rs. Bem, pelo menos esse ae usa a energia dele de um jeito legal (como ventilador, btw), não como esse outro sujeitinho, que resolve apagar seus fiéis, rs...

...PASTOR GOKU!



Imagina você poder apagar seus fiéis? Aliás, imagina você poder apagar qualquer um com apenas um toque divino? rs, sonho de qualquer mortal, não? Acho que esse povo tem algum problema com giros-ventiladores e stuff. Olhem o que acontece quando crianças evangélicas presenciam uma...

...RAVE EVANGÉLICA!

Essa juventude de hoje em dia anda muito estranha pro meu gosto rs, wtf. E falando em juventude, quem melhor exemplificar nesse quadro "ofevil" do que a própria rainha dos baixinhos? A Maria da Graça (hm, é o jeitinho dela <3>satânica Xuxa - nem sempre foi o que chamamos de conhecida (valeu, Pelé!); imagina quando ela resolve fazer um show no Chile (reparem nas plásticas futuras dela) e alguém inesperado aparece por lá. Ninguém mais, ninguém menos, do que o...

..PEDRO DO CHIP NO XOU DA XUXA!



Viu no que dá fazer pacto com o cara lá de baixo? Recebe uma cobradora de chip aonde quer que você esteja. Às vezes uma imagem fala mais do que mil palavras. Um video então, fala mais do que um zilhão rs - reflitam sobre isso, e até o próximo post meus coliformes fecais :) rs, MARIOLA DA PETECA! ZUUUUUUUUUM!

PS.: O ETA QUE TETA CORPORATION PRESENTS INTERNACIONAL FUCK PORN BLOG não tem discriminação devido a raça, credo, religião e doença (seu leproso). Nossa religião é o Tetaísmo, mas respeitamos todas as religiões, católicos, evangélicos, espíritas, budistas, macumbeiros, candomblé, alok, satãnicos, mariolas da peteca, videntes, trago seu amor em três dias e assim vai...
PS.: Post do EQT a partir de agora vai ser mais ilustrado, bjs.

6 de novembro de 2009

Festas de 15 anos

Depois de tanto tempo sem postar nada, eu resolvi tomar vergonha nessa minha cara e continuar com nosso blog (que tá na concorrência com abacaxis e colirios da capricho galera, mas não deixem de visitar!) de sem o que fazer rs. Vamos tentar deixar os posts mais em dia, pra não acontecer a p.taria que tá acontecendo rs, beleza? Bom, tentaremos postar pelo menos uma coisa por semana. Vamos ver no que dá.
Começando com o assunto do post, eu preciso dizer que vou ser o adulto mais incompleto do mundo por não ter ido em festas de quize anos. Quero dizer, meu primo vai nesses eventos da elite burguesa da sociedade capitalista do século XXI (vulgo, festinhas de debutante) toda semana quase! E até agora eu só tinha ido em uma. Isso mesmo, UMA. E foi a fantasia, so nada daquele sonho utópico de OC em usar terno e stuff rs (se bem que eu fui de máfia haha, i like it. Na verdade, eu parecia uma mistura de matrix com gigolô barato, mas beleza rs)
Porém nem tudo estava acabado. Eu estava prestes a ser chamado pra uma, podia até ouvir os coros de aleluia rs. E ainda por cima era de ninguém mais, ninguém menos que minha @marimarineli haha *-* Eu achei que só eu e a Pati seriamos convidados, mas ela acabou sendo too good em chamar o... resto da galere rs (vulgo, Gi, Nath, Lolly, Ju, Carol e Lu). Mais conhecidos (alguns deles) como familia buscapé SUAHSAUHSAS mas eu vou chegar lá, primeiro, vamos à pré-festa.
Faltavam algumas semanas pra festa e eu estava pensando no que dar pra ela. Quero dizer, eu não podia dar uma agendinha da pucca dessa vez (como eu dava na terceira série pras minhas amigas rs, junto com duas canetas coloridas q), mas também não ia comprar um porsche pra ela. Eu ainda sou eu, não o Bill Gates ou wtf. Bom, eu importunei todo mundo com quem eu ando na escola e fora dela pedindo dicas do que dar. Umas eram mais absurdas, outras muito melosas, blablabla. Foi indo assim até faltar uma semana pra festa e eu perceber que hm, não fazia IDÉIA do que dar pra ela. E, pra completar a montanha de sorvete com uma cereja bem vermelha e suculenta, eu não tinha o que usar ainda haha. Como lidar? Bom, eu não lido. O $ que ia ter que lidar, fazer o que rs. Meu pai nem teve um ataque histérico esse dia rs, mas não vem exatamente ao caso. O caso é que eu fui com meus pais no shopping pra eu comprar meu terno e o presente pra ela. Acabou não sendo muito dificil, afinal de contas rs. Eu comprei o presente dela (hm segredo bjs) e o terno (segredo também SAUHSAUHAHUS not), e fui pra casa. Esperar uma semana. Pro grande hm, dia.
Dia 17/10 chegou, finalmente. Me troquei, fui pra casa do Borat pra esperarmos a Lolly e a galere e irmos pro buffet. Não sei como coube todo mundo no carro, mas acabou cabendo rs. E a familia buscapé acabou indo parar na frente do buffet, porque não sabiamos como entrariamos (vulgo eles, eu e a Nath tinhamos os nossos convites conosco rs) sem a Pati, que estava com os convitinhos lá e tals. Ficamos arrastando lá em um estacionamento, e eu fiquei encostado em um carro que eu acabei descobrindo que era da mãe da Mari acho SAUSAUHSAS a irmã dela disse que ela não gostou muito de eu ter encostado nele, ops. Mals ae, sogrë <3 rs A maledicta da Patizoca não chegava erm, nunca (aposto como tava em uma padaria fazendo uma boquinha antes da festa SAUHSUHUHAS not), nós resolvemos entrar e dar com as caras nos bois rs. Dois seguranças gorilas na porta, com uma lista e tals, até que não foi tão dificil. Um camicase iraquiano passaria de boa lá se falasse qualquer um dos nomes da lista rs, whatever. Entramos lá, e tipo, fomos cumprimentar eles (ela e a familia dela. Por enquanto, nada de papai rs). E cara, ela tava muito muito muito linda *-* E eu super legal só falo isso pra ela no final da festa, antes de ir embora rs, mas whatever. Ela sabe que eu acho ela linda de qualquer maneira hehe. Tá, parei com a marmelada grudenta aqui rs. Ok, procuramos um lugar pra sentarmos (bem no cantinho, no fundo do buffet haha, cantinho alternativo cool q), e partimos pras bebidas 8] SHAUSHAUHAS mas nos fu rs, nem tinha alcoólica (finalmente alguém responsável around here, huh! rs). Mas tinha umas bebidas super boas lá rs, então partimos pra cima delas mesmo. Enchemos nossas mãozinhas de anões carecas caolhos de marshmallows e docinhos-que-se-coloca-no-sorvete-só-pra-estragar-o-sabor-dele-rs-mas-que-são-gostosos-quando-são-comidos-sozinhos. Até então, nada de Pati. Eu e a Ju tivemos que presenciar eles derrubando Coca-Cola em cima dos salgadinhos e na mesa (que estava limpinha rs. Meu Deus, WHY?), pareciamos a familia buscapé da Mari, sério SUAHSAUHS descobri que o povo que tava sentado do nosso lado eram os tios dela, nem sei o que eles acharam de mim q rs, just wonderful. Mas tirando isso, a festa foi muito muito muito boa mesmo. Tiramos fotos, gravamos um canal do tempo, enchemos nosso cu de coisas gostosas que tinham lá rs, enchemos o que faltou do nosso cu cheio de refri e bebida e marshmallows, conversamos a lot. Pati chegou, e-ba (sério, eu tava morrendo de saudades dela, falo mesmo CHANTAL). Ela tava uma mistura de http://fileserver.tinker.com/tinker/events/6/6188_main_image_1248125135.jpg com http://www.estilogarota.com/wp-content/uploads/2009/09/betty_boop_vermelho.gif hehe, tava gats rs. E a noite foi indo assim :) A Mari foi lá algumas vezes... Até ela ir me apresentar pro pai dela e pra uns tios e amigos do pai dela rs. Foi tenso, o Gi tem esse video no pc dele SAUSAHUAHUS bitch. Um dia vai estar na locadora mais próxima da sua casa! hehe (vai ser a nova fita maldita. Bye bye Samara, hasta la vista no seu poço n). Foi tenso, mas até que eles foram legais comigo rs :D Bem diferente da minha imaginação, onde o pai dela sacaria uma arma com um charuto na boca (bem no estilo o poderoso chefão) e meteria bala em mim hehe #tenso Whatever. A festa foi correndo, correndo, correndo... Pessoas que eu nunca vi na minha vida de repente pareciam me conhecer e stuff rs, conheci algumas pessoas... Até dar meia-noite e começar a retrospectiva e o parabéns. A retrospectiva foi mt linda rs, sepá eu chorei n. Mas que tinham umas fotos mt fofas, tinham *-* rs. Tudo estava indo bem. A música de retrospectiva, os OOWN (quando a foto era cute e tals) e UUUUUH, OLHA A MARI! (quando ela aparecia sem camiseta e sutiã quando era bebê rs) q rs, até que alguém resolveu dar um singelo presente para ela.
Epa, alto lá.
Eu acho super engraçado esses caras de festas de debutante, eles usam adjetivos que tipo, nem meu vô usa SAUHSAUHS tipo singelo rs. Bom, wtf seja singelo, vamos lá ver o que era.
Era a tia dela. A tia dela era o presente? perguntam os leigos. Não, galera, não era! explica o gui pacientemente. Era, in fact, uma música. Uma música? perguntam os leigos. Sim galera, uma música! confirma o gui, mais uma vez pacientemente. Que tipo de música? CINE? perguntam as leigas coloridas e weird. Erm, quase isso.
Ela tinha inventado a música, só podia ser isso SAUHSAHUSAUHS Mals quando você ler isso amor, mas isso é motivo de piadinhas até hoje rs. Nem vou falar como era a música, mas eu com certeza vou emprestar pra sua tia um pouco da minha vergonha rs, eu tenho de sobra. Nada pessoal :) (btw, nos comentários a galera que esteve na festa poderia colocar trechos da música da tia da Mari, né? rs, eu nem lembro direito como era. Só lembro que era no sense rs)
Whatever, passado esse... momento, foi a hora do parabéns :) Parabéns pra você, nessa data querida, blablabla. Eu precisava falar com ela tipo, de verdade, e ninguém me dava brecha q (eu parecia o henrique na peça que nós assistimos no EHF rs, depois faremos um post sobre ela).
AH, ela ficou sozinha! Corre lá.
Corri lá rs. O resto é privativo q, eu ainda mereço ter minha intimidade (e a dela) privadas. Como se ninguém soubesse, piaf. Eu pedi ela em namoro, ela aceitou, eba (EBA MESMO HAHA *-*) rs, dia 18/10. Nos mandem flores ano quando completarmos um ano rs, not.
E depois disso começou o que toda a galerinha marota e cheia de hormônios queria: a balada. Eu nem gosto de balada, nunca gostei rs, mas até que tava legal lá com todo mundo *-* Sai quando começou putaria rs, vulgo axé e funk. Nessa hora eu fiquei com a Carol e a Talyta lá em cima conversando rs #velhos. Logo depois o Gi também chegou, e nós tiramos umas fotos, e... Ah, foi legal rs, pra mim tava tudo legal, whatever. Tinham dois caras aparentemente MUITO bêbados (erm não sei com o quê, suquinho de groselha?) e eles tavam MUITO high rs, era tenso.
Bom, depois que todo mundo cansou de dançar (menos a Mari, essa ousada SUAHUSHAS not), a gente ficou sentado na mesa feito bêbados em final de festa rs, e nos demos conta que era horário de verão! *-* Nós adiantamos nossos relógios, e eu realmente achei que era -1h até eu chegar na casa do Gi mais tarde e a mãe dele falar pra gente que era +1h rs, #burros.
Bom, o final da festa chegou, todo mundo começou a ir embora (pra você ver, foi só cantarem o parabéns e ter passado a balada, todo mundo decide voltar pra casa! rs, tadinhos, deviam estar cansados n)... E nós precisamos ir também. Não fomos os últimos a ficar lá dessa vez como é de nosso hábito rs, mas fomos embora até que tarde. Eu assinei o livro dela (eu tava quase esquecendo SAUSAUHSAUHS eu lembrei no carro, voltei lá pra assinar rs; era pra eu ser um dos primeiros, mas eu achei que eu fosse ser muito capenga, sei lá rs), peguei a lembrancinha... E fomos pras nossas casas ter uma boa noite de sono em nossas próprias camas (:
Erm, não mesmo haha. Eu fui pra casa do Giba, ficamos acordados até 7h da manhã rs. E acordamos às 11h pra nada mais, nada mesmo que o FICO2 rs. Bom, nem vamos nos prender muito a esse FICO. Aconteceu, EXATAMENTE, a mesma coisa que colocamos nesse post. E-xa-ta-mente. É tipo, um dèja-vu rs, sério. Só que dessa vez não andamos feito mulas, pegamos o caminho certo, fomos todos nós e ao invés de Hevo84 e NXzero, nós vimos Stevens (bosta) e Pitty *-* rs, ela é mt diva. Parece uma putinha dançando, mas ela é cool pra fazer isso haha <3 Bom galera, é isso ai. Prometo por nós dois que o próximo post não vai demorar, semana que vem NO MÁXIMO tem mais! Vai começar uma nova ditadura aqui nessa teta q rs, not. PS: Parabéns, Marina! :D Eu descobri que ela acompanha o blog e já ouviu três dos nossos tetacasts haha, mais que a Pati hm. Ela disse que tinha vergonha, e que era pra eu não fazer isso rs, mas eu nem ligo pro que os outros ligam/pensam/querem/imploram rs. Parabéns anyway, tudo de bom! *-* Abraço duplo rs (não fica com ciumes ok, Yuri)
PS2: Eu comecei a ensaiar hoje dança grega com a Alanny e cia pro sarau semana que vem. Quero só ver na bosta que vai dar haha, mas tá muito cool! *-* Nem vamos quebrar pratos, droga (nem produtos do mercado livre rs). Mas os passos são realmente dificeis e complexos pro meu gosto. Uma das meninas disse que cansa mais que Buttons, do PCD. Alok!

Ah, e comentem, pls! Add a gente no twitter, caso vocês ainda sejam alienados e não nos tenha Q rs. Link no começo do blog, beijos.