O dia que conhecemos Meg Cabot aqui em São Paulo! | ETA, que teta!

21 de setembro de 2009

O dia que conhecemos Meg Cabot aqui em São Paulo!

Ok, eu vou pular minhas desventuras como tradutor de gringos dessa vez. Mas prometo que escrevo sobre elas o mais breve possivel, renderia um post realmente vergonhoso rs
Agora vamos falar sobre... Livros. Quem aqui não gosta de ler? Ler é tão bom, tão inspirador, tão relaxante... Se fossemos obrigados a nos mudar pra uma ilha deserta, com certeza um dos únicos itens que levariamos seria um livro (isso é, os cults and stuff rs)
Mas... O que você faria se um de seus escritores favoritos decide vir para o Brasil? Se ele decide ir para a sua cidade, inclusive? Se ele decide ir pra uma livraria realmente perto de você?
Bom, não, não estamos falando da JK Rowling (... ainda, mas eu espero MUITO que ela venha pra cá um dia bjs) nem da Stephanie Meyer, leigos twilovers. Estamos falando de algo mais, algo que vai além de uma garota americana, ou uma princesa e seu diário, ou até mesmo de gordinhas complexadas que acham que tamanho 42 não é gorda. Acho que as meninas que gostam de ler e chegaram até aqui devem saber de quem eu estou falando.



Isso ae galerë, a Meg Cabot resolveu largar a calcinha preta nos EUA e vir pro Brasil :D E nós, do EQT (+ cocotinhas fãns da meg ♥ rs) não iamos perder um evento histórico desses, iamos?
OBS: ok, eu adimito que só li dois livros dela, e o Gi só leu um. Whocares, ai vai o post, que é bem mais interessante que nossas observações ;*

________________________________________

Quinta-Feira, dia 17/09/08, tarde

Consegui com que minha mãe assinasse logo cedo a permissão para eu sair da escola 11h, e estava tudo marcado com meu comparsa tr00 de blog Giovanni para irmos na galeria do rock, em plena praça da república, fazer a camiseta pra Meg (tinhamos decidido fazer uma camiseta exclusiva do EQT pra ela na noite anterior rs) e, de lá, poderiamos tomar o metrô (cheio de gente fedida e lotado, pra variar) pra paulista.
Beleza, liguei pra minha mãe e tals, avisei pra coordenadoria que eu ia sair mais cedo e tals, só que... Esqueceram de ver o email que minha mãe tinha mandado, e eu só fui liberado 11h40 (isso que eu tinha pedido pra ir "no banheiro" no meio da aula de trigonometria e fui lá avisar que eu estava 40 minutos atrasado, né). Cool as hell, tinha perdido preciosos 40 minutos.
Sai da escola, peguei o ônibus pra casa (porque eu tinha esquecido o livro pra Meg autografar em casa, e minha empregada não conseguia achar ele de jeito nenhum QQQ isso que tava na cara dela, se ela abrisse o armário que eu, por obséquio, mandei ela abrir por telefone no meio da aula de História) e de lá, fui pra santana me encontrar com o Giba.
Ok, fomos pra tal galeria, e fizemos a tal camiseta. Preciosos $10 rs. Pra quem se interessou pela estampa da camiseta, ela era assim:


Gostou? Bom, a Meg gostou, então nemligamos SAUSHAUHAUH not. Ok, mas eu ainda vou chegar lá, calmae cowboys.
Depois de pagar a camiseta, pegar o metrô lotado e andar até onde seria o evento (vulgo Livraria Cultura), finalmente chegamos lá. Fora umas pirralhas com umas coroas na cabeça, não haviam indicios de que ela estaria ali. Então, tivemos que perguntar (ok, o Giovanni perguntou, eu fiquei... escondido rs, vergonha dessas situações. Vai que a gente errou a livraria ou o dia), e a fdp da mulher disse que ia ter o evento, mas não precisava pegar senha nenhuma, que era só chegarmos lá e fazermos uma fila. Nossas mentes leigas pensaram "Beleza, não tem ninguém, vamos ser os primeiros!".
Bom, nem preciso dizer que essa nossa fantasia (sexual) durou só uns dez minutos, quando eu vi um cara colando um aviso na porta do teatro da livraria. E eu fui lá me informar dessa vez. E sabem o que eu li? Sabe o que ele me disse?

Entradas para a palestra com a Meg Cabot esgotadas.

Hum isso mesmo, ESGOTADAS. Eu olhei pro cara, pra placa, pro cara, pra placa de novo. E disse pra ele o que aquela... mulher que trabalhava lá embaixo (pra não dizer outra coisa fdp). E ele me disse que tinham nos dado a informação errada HEHEHEHEHEHE!
Eu voltei pro Giovanni, que tinha ficado lá atrás jogado feito um mendigo numa poltrona (brimks giba, você é brother rs), e eu disse o que o cara disse. Ok, não vou falar tudo o que aconteceu, porque isso vai ficar realmente chato, mas posso dizer que tentamos de tudo. TUDO. E aquela bixa louca (brimks ok, cara da livraria cultura? isso é, caso você leia isso algum dia) não deixou a gente entrar gr
Ok, ligamos pra Pati e as manas do rolë Lolly, Nathcool, Lanny e Mari pra ver onde elas tavam, e pra darmos a... noticia. E mulher NÃO DEIXA a gente falar no telefone, PQP. Tentamos explicar pra Pay umas mil vezes o que tava acontecendo e ela SE RESUSAVA a nos escutar. E, como eu tinha ficado o dia todo sem comer, só de raiva saimos pra comer. E no Habib's ainda por cima, onde eu encheria meu cu de esfiha até não poder mais E pagar barato (1x0 pro Habib's rs, not).
Depois de horas a fio esperando, elas chegaral. E logo de cara fomos tentando um jeito de arranjar uma passagem mágica (que não conseguimos, por enquanto mimi). Portanto, enquanto a senhora MC não chegava(o que seria dali umas duas horas), então ficamos batendo perna na Paulista e na Augusta. Chegamos até a encontrar uns cocotinhos emuxos alternativos da Nath e da Alanny lá (não, não era o @coelhors, antes que me bombardeiem de perguntas. Quem é o outro mesmo? rs, brimks @pedrosogui n) e tals, e até que foi legal e tudo o mais!
Bom, a hora estava chegando. Fomos pra Livraria Cultura, e procuramos saber por onde ela entraria. Quero dizer, por um lugar aquela mulher tinha que entrar! rs
Enquanto não sabiamos das informações corretas, resolvemos nos dividir em grupos e montar uma força tarefa. Ficamos eu e a Mari, o Gi e a Pati, e a Lanny+Nath+Lolly juntas, em lugares diferentes. Aquela safada não ia escapar da gente, tr00s SHAUSHAUSHAUHASUH de um jeito, a gente pegava ela (de jeito n)
Ficamos lá tals, até vir o Gi avisar que a assessora da Meg Cabot avisou a Pati que ela iria entrar pelo elevador. Então... CORRE TODO MUNDO PRA CIMA!
Enquanto o trio cool ficava lá embaixo, a pati (que foi o orgulho do grupo e arranjou uma senha para o autógrafo *-*) ficava lá na fila esperando e eu, o Gi e a Mari ficavamos na porta do elevador (onde tinha uma tia MUITO igual a Meg, sério! Só que não era ruiva, nem tão branca assim rs, tenso) esperando por ela. E cada vez que aquela porrinha de porta abria, meu coração dava um salto gigantesco, sério (dava um salto MAIOR ainda rs, #piadainterna not). Até que, pela milésima vez, ele abriu e um monte de cara amontoado e de mãos dadas começaram a sair.
E desde quando você vê homens amontoados e de mãos dadas num elevador? Hum, nunca e em lugar nenhum.
Ela saiu, e tipo, foi como ver Deus, sério. Eu nunca tinha visto ninguém tipo, famoso tão perto, ela ficou MUITO perto da gente, e ela foi a pessoa mais cute e simpática e linda e gostosa (tá, parei rs) que eu já vi, sério. Muito melhor que qualquer Preta Gil por ai SHAUHSAUHSAHSU brimks preta, você é brother e ainda nossa diva ♥ erm, not. Gi-invadindo o post: Foi então que quando a vimos, ou melhor, eu a vi, mandei o gui se comunicar com ela porque, francamente, não queria esbanjar meu inglês todo perante a Meg, rs. Porém, o senhor guiga simplesmente travou e não conseguia falar e eu soltei uma pequena pérola! Confira na íntegra o momento em que vimos pela primeira ver a bela e linda Meg Cabot e ela recebe nossa camiseta, erm, desculpe filmar o chão, apreciem:



Foi tenso, as que viram no final do vídeo, a Lanny, a Nath e a Lolly, o que aconteceu com elas? Conseguiram de um jeito ninja, assistir a palestra que estava acontecendo lá no teatro, cool rs. Nós bem que tentamos entrar também, só que não conseguimos. Aliás, não foram só nós, umas gatinhas também imploravam aos seguranças um lugar no 'paraíso', rs. Um salve pra essas meninas que elas pediram, rs. Gui-voltou. E já que a Pati ia levar o livro dela e da Mari pra Meg assinar, eu fui procurar alguém pra dar o meu pra ela assinar, né. E eu comecei a gritar "Alguém pode levar meu livro?", e a menina de cabelo roxo realmenete simpática cujo (hum, again rs) nome eu não lembro MESMO, mas era algo com A e bem dificil, disse que levava o meu :D
Obrigado, A, você fez minha noite ficar mais feliz ainda rs
Tá, enquanto esperavamos as cocotinhas Pati e A na fila, ficamos vendo umas criaturas... estranhas lá rs. Juro que faço um post extra, seguinte a esse, só sobre isso. Na verdade, vão ser só fotos, então... have fun HEHEHE.
Típica fã (bem animada) da Meg

Sério, tinham as meninas hot (que não tinham nada de estranhas, btw rs), as meninas feias, as velhas, o porteiro do conjunto nacional rs, tudo o que vocês imaginarem. E, enfim, chegou a vez da Pati. E, depois de uma conversa de 1 minuto com ela, ela apontou pra gente e disse que ela era amiga dos meninos que deram a camiseta pra ela. E sabem o que ela disse?
Those guys are crazy, but i love them! HÁ, arrasamos na pista da naite! q
Peguei meu livro com a A (que também disse que aquele livro era do garoto que deu a camiseta pra ela), e de lá fomos embora. Assim -> :D


O que importa é que meu dia foi o melhor do mês todo, e com vocês foi ainda melhor. E com ela foi mt mais melhor ainda ♥ redundante rocks rs (qualé, Julia Odri, o Giovanni pode não ter sido piegas no post antigo dele, mas eu ainda sou n)

Bom, o post ficou realmente gigantesco. Mas antes de ir, preciso dar uns avisos:

PS1: Os posts pendentes ainda não acabaram, então fiquem ligados que postaremos eles entre essa semana e a próxima.
PS2: O próximo post vai ser um especial das 7+ das #weirdpictureswithMeg, então fiquem ligados! rs, sai entre hoje e amanhã
PS3: Se você está lendo isso, aprenda a comentar nos posts. Nós ficamos mt felizes, nem que seja um 'nem li', até mesmo os personagens inventados (vulgo Julia Odri n rs), sério *-*
PS4: Sigam a gente no Twitter: @guilhermepotter e @gibaborat!
PS5: Eu precisava comentar isso rs. Na fila do autógrafo, eu e o Gi ficamos conversando com umas mães super-legais (até as cocotinhas rouba-mães chegarem também rs) e tals :D Quero uma sogra como elas rs (a filha de uma delas também era bem legal. Ah, btw, caso você é uma das pessoas que viu/ouviu "ETA QUE TETA" lá no dia e resolveu entrar pra dar uma conferida, manda um comment, PLS *-* valeu ai, galerinha marota).
PS do @gibaborat: Eu que nem sou tão fã dela (na verdade fui pra divulgar o EQT) amei ela, leiam galerë *-* Eu só li a Garota Americana, e indico bjs.

Bom, chega de PSs, eu ainda tenho que estudar Biologia Q, see you guys soon :D

8 comentários:

helena disse...

hehe, eu adoro a meg! mano formaturas infernais é muito cool, acabei de terminar de ler!erm, mas eu n sabia q vcs gostavam de Meg Cabot!

Henrique disse...

'cute, simpática, linda, gostosa (tá parei rs)' AUHISSHAUIHAUSHIUHIASUH eu ri, esse post tá legal (Y)
ps: felicidades gui e mari hahaha (:

Bruna disse...

AAAAAAH *-* foi lindo -S só entrei pra ver o que voces iam falar dela HUISHUI e porque o giba falou que ia falar de mim, hm. by the way, o blog é legal -t :*

paty_chock disse...

aaaaah nem li. deviam ter me dado mais créditos, hm.

Gui disse...

demos todos os créditos que você merece ;* cocotinha do seth SHAUSHAU not

Julia disse...

Hahaha
Adorei :D
Morri de rir :}

Jessica disse...

OOi meninos!!! Passando pra avisar que tem um selinho pra vocês no meu blog!!

http://jessica-leite.blogspot.com/2009/09/premio-dardos.html

Ótimo fim de semana!
bj

Moe disse...

nunca li um livro... mas vou procurar ler um. post enorme mais li enteiro ^^